Balão Intra-Gástrico

O Balão Intra-gástrico é um tratamento contra a obesidade, sem cirurgia. É colocado em cerca de 20 minutos. O processo consiste em introduzir uma bola de silicone no estômago, por via endoscópica e, posteriormente, enchê-lo com soro fisiológico, até que ocupe um volume suficiente para que produza um estado de saciedade permanente.

O balão fica alojado no estômago durante seis meses, nos quais o paciente realiza uma vida absolutamente normal. A diferença é que quando se alimenta, não terá a sensação de ter tanto apetite e, com pouca quantidade de alimentos, ficará saciado, reduzindo a quantidade de alimentos ingeridos, contribuindo para a perda do peso em excesso, melhorando a saúde do paciente.

O paciente recebe um acompanhamento médico que o estimula e ajuda, vigiando a sua alimentação diária, de modo a que a sua dieta seja rica e sem carências, após a aplicação do balão intra-gástrico. Durante os seis meses de utilização, ensina-se o paciente a comer de forma saudável, modificando os seus hábitos nutricionais, conseguindo melhorar a sua saúde e qualidade de vida.

Decorridos os seis meses, ou se o médico recomendar que seja antes, retira-se o Balão Intra-gástrico. O habitual é que durante os 3 primeiros dias após a sua aplicação, provoque náuseas ou vómitos, que desaparecem com o tempo, una vez que o estômago se acostuma à sua presença.

É o tratamento menos agressivo e invasivo, quando comparado com os outros tratamentos disponíveis contra a obesidade, nomeadamente:

  • Bypass gástrico,
  • Banda gástrica,
  • Tubo gástrico ou método POSE (plicaturas gástricas).